segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Tempo próprio

Em todo o tempo a gente quer que algumas coisas sejam para sempre. Mesmo sabendo que nada dura tanto, a gente mantem a ilusão de que o que nos faz bem nunca acabará. Mas, na real, não importa nossa vontade, cada coisa tem seu próprio tempo. E seja o que for, independentemente da nossa necessidade, do nosso desejo, um dia acaba.

sábado, 21 de novembro de 2015

Quando

Luz quando breu
Afago quando desprezo

Esperança quando dúvida
Certeza quando confusão

Riso quando lágrimas
Amor quando dor

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Sobre ir sem saber e não saber voltar

Acredito que às vezes algumas pessoas vão por caminhos que talvez nem fossem o que elas gostariam de ir. Se tivessem pensado melhor, talvez... Mas quando se dão conta disso já estão tão envolvidas naquela rota que até sentem, de alguma forma, que não deveriam seguir, mas como também não sabem uma maneira de voltar, preferem se deixar levar e(m) vão...