sábado, 27 de novembro de 2010

Sabedoria em Série... #9

'Todos nós queremos coisas. Acordamos sempre com uma lista infinita de desejos. Mas só porque queremos não quer dizer que precisamos delas para sermos felizes.'

Pushing Daisies

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Às vezes...

  1. Compro camisetas na seção infantil.
  2. Esqueço de pentear o cabelo.
  3. Demoro horrores pra trocar a armação dos óculos.
  4. Vejo beleza nos amores platônicos.
  5. Me interesso por quem não devia.
  6. Dou risada do nada.
  7. Volto pra ver se tranquei bem a porta.
  8. Espirro horrores.
  9. Penso que estou em uma série de TV.
  10. Complico querendo esclarecer.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

sábado, 13 de novembro de 2010

Fica a dúvida

Se a gente não alimentar um sentimento, qualquer que seja, ele desaparece?

( ) sim ( ) não ( ) talvez

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Dias em marte...

Mudanças aguçam a sensibilidade e quando você pensa que já está 'firme', ainda não está.

Lavar roupa pode ser divertido, assim como ficar jogando uma bolinha pro cão buscar e na volta deixá-lo mordiscar seu pé também é.

Quando você estiver atrasada, pode se preparar, o ônibus também vai atrasar.

E todo dia é cheio de novidades.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Dias atrás...

Quanto mais cheia de saudade, mais vazia de você... E a cada encontro parece que o tempo, de propósito, acentua essa falta do que já não somos nós.

E já que a gente não volta, a vontade é que passe.

sábado, 6 de novembro de 2010

Sabedoria em Série... #8

'É possível que duas pessoas possam se amar e não ser suficiente (para ficarem juntas)?'

Grey's Anatomy

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Primeiros aprendizados...

Vivendo em marte*.

  1. Fazer do 'www.morandosozinho.net/' oráculo é necessário.
  2. Não dá pra conhecer apenas uma forma de chegar aos lugares.
  3. As lágrimas de saudade cessam no terceiro dia (ou quando você deixa de dormir sozinha).


*Recife

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Unidade

Desataram meu nós. Me acostumei a ser um. Ser um não é ruim. Somos todos um. Uns mais. E eu não sei se sei ser dois.


Mas como quero me apaixonar assim?